Com patriarca preso, esposa e filho dele mantêm comércio de drogas, mas PM acaba com farra em Anastácio

Ação policial resultou na apreensão de cocaína e maconha. Droga era trazida de Campo Grande para ser revendida em Anastácio e região.

Equipe apreendeu tabletes de maconha e porções de cocaína - Divulgação/7º BPM

Com o patriarca da família preso, a esposa e o filho dele decidiram manter o comércio de drogas da família em atividade, mas também foram parar atrás das grades durante o fim da tarde desta terça-feira (12), no Bairro Jardim Campanário, em Anastácio. A ocorrência resultou na apreensão de cocaína e maconha.

De acordo com o 7º BPM (Batalhão de Polícia Militar), a ação teve início no momento em que a equipe de Radiopatrulha abordou um motociclista, 52 anos, na Rua 27 de Julho. O nervosismo do condutor com a aproximação da viatura chamou a atenção da guarnição. Ele estava com uma porção de cocaína e disse que tinha comprado de uma mulher identificada como Vanilsa, 41 anos.

Com as informações, os policiais estiveram na residência da suspeita. Ela confessou ter feito a venda, mas revelou que a droga pertence ao marido, que, atualmente, encontra-se no Estabelecimento Penal. A mulher ainda revelou que o restante do produto ficava guardado na casa do filho, Gustavo, 18 anos, que morava nas proximidades.

A equipe deu sequência à ação e, na residência do rapaz, encontrou tabletes de maconha, que totalizaram seis quilos, além de 39 porções de cocaína, balança de precisão, considerável quantia em dinheiro e produtos sem origem comprovada. Ainda foi apreendida uma motocicleta Honda, de cor vermelha, que, conforme Gustavo, era utilizada para buscar os entorpecentes em Campo Grande e revendê-los em Anastácio e região.

A Radiopatrulha apresentou mãe e filho na Delegacia de Polícia Civil de Anastácio, no Centro, juntamente com as drogas e os demais produtos. O caso segue sob investigação.