Morador de Aquidauana é autuado por exploração ilegal de madeira em Bonito

Ele é fazendeiro e responderá por crime ambiental

Morador de Aquidauana foi autuado por exploração e armazenamento de produto florestal sem autorização ambiental, neste fim de semana, no município de Bonito, durante fiscalização realizada pela equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda.

Conforme informações da PMA, durante a vistoria na propriedade, localizada a 20 quilômetros da região central de Bonito, foram encontrados 31 m³ de madeira da espécie aroeira e 7 m³ da espécie ipê em toras, mourões e em estacas para cerca.

O produto ambiental estava armazenado nas proximidades da sede da fazenda e havia sido explorado e mantido sem o DOF (Documento de Origem Florestal), atitude que é ilegal.

O fazendeiro, 53 anos, teve a identidade preservada. Após relatar que mora em Aquidauana, ele confirmou aos policiais que não possuía a autorização necessária. Foi multado administrativamente em R$ 11,4 mil. O autuado também responderá por crime ambiental. Se condenado poderá receber pena de seis meses a um ano de reclusão.

Toda a madeira encontrada durante a fiscalização foi apreendida. (*Fotos: toda a madeira foi apreendida – Divulgação/PMA)