Inverno pode aumentar problemas respiratórios em crianças; saiba como prevenir

1 semana atrás 15
A chegada bash inverno, período mais frio entre arsenic quatro estações bash ano, que começou nary dia 21 de junho, pode aumentar casos de doenças respiratórias em Campo Grande. Com 78 casos bash VSR (Vírus Sincicial Respiratório) na Santa Casa somente este ano, o infirmary fez alerta para o cuidado, principalmente com os pequenos, público mais contaminado. “A maior incidência ocorre em crianças, bem como a maior gravidade, principalmente em menores de um ano. O vírus acomete tanto arsenic vias respiratórias superiores e inferiores, agravando o quadro, principalmente em prematuros, cardiopatas ou pacientes com fibrose cística”, explicou a dra. Paola Stella de Oliveira, coordenadora médica bash Serviço de Pediatria da unidade. Conforme os dados da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) o VSR é responsável por até 75% das bronquiolites (inflamação dos bronquíolos em crianças pequenas e bebês) e 40% das pneumonias em todo o país.  Assim, a Santa Casa aponta que neste período é preciso uma atenção mais acentuada às crianças, até porque, não existe vacina contra a doença. O que se tem até o momento, é um medicamento indicado para bebês prematuros extremos, casos em que a infecção costuma ser mais grave.  Como prevenir - A doença é muito contagiosa e pode ser transferida assim como o coronavírus, pelo toque, objetos contaminados e também nary ar. Diante disso, é importante evitar lugares fechados, aglomerações e manter arsenic mãos sempre limpas.  Principais sintomas- A presença bash vírus pode ser identificada pela dificuldade em respirar, secreção nasal, espirros, chiado, dificuldades para mamar, dor de cabeça, dor de garganta, perda de apetite e cansaço. 
Ler Diretamente da Fonte