20ª edição do Festival de Inverno de Bonito será de 25 a 28 de julho

Presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Mara Caseiro, confirmou a data durante audiência pública

Durante audiência pública na Câmara de Vereadores de Bonito, a diretora-presidente da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul), Mara Caseiro, comunicou que a 20ª edição do Festival de Inverno do município será promovida entre os dias 25 e 28 de julho.

A audiência foi marcada pela apresentação de detalhes sobre o evento. Mara explicou que os editais para seleção de artistas regionais nas áreas da música, dança, teatro, circo, cinema e artes visuais devem sair em poucos dias.

“O processo está sendo avaliado pelo setor jurídico e será publicado em diário oficial em breve, para que haja tempo hábil e que todos os artistas de Mato Grosso do Sul, nas mais diferentes modalidades, possam participar”, afirmou.

Marcaram presença representantes da classe artística, trade turístico, Prefeitura, Câmara de Vereadores, comerciantes e população em geral, que tiveram a oportunidade de realizar suas reivindicações e apontar medidas que podem colaborar para o sucesso do evento.

O aumento da participação da comunidade local no festival foi um dos principais pedidos. O diretor-geral da Fundação de Cultura, Max Freitas, garantiu que a atual gestão tem essa como uma das prioridades.

“Utilizar a mão de obra local reforça a economia de Bonito e região, além de baratear os custos do evento, uma vez que não são necessários gastos como transporte e hospedagem quando se trata de trabalhadores oriundos do município “, confirmou.

O discurso foi endossado por Mara Caseiro e pelo prefeito de Bonito, Odilson Arruda Soares (PSDB), os quais destacaram que o momento econômico é de contenção, tanto em Mato Grosso do Sul, quanto no País. Dessa forma, é preciso otimizar os recursos e utilizá-los de maneira inteligente.

“Foi uma determinação do governador Reinaldo Azambuja que se promova o festival com a mesma qualidade que ele apresentou em suas últimas edições, envolvendo a comunidade local e promovendo o nome do município e de nosso Estado em âmbito nacional e internacional. E é isso que vamos fazer, com responsabilidade e respeito aos recursos”, reforçou Mara Caseiro.

Também participaram da audiência pública vereadores, secretários municipais, técnicos e gerentes da Fundação de Cultura, com o objetivo de esclarecer dúvidas e recolher sugestões para o festival, além de membros do Fórum Municipal de Cultura de Bonito, que representam a classe artística e a comunidade. (*Fotos: evento vai chegar à sua 20ª edição – Divulgação)