No Dia da Vitória, veterano da 2ª Guerra Mundial recebe homenagem na frente de casa em MS

Ao som da Canção do Expedicionário, executada pela banda do Comando Militar do Oeste, Seu Agostinho Gonçalves da Mota foi aplaudido por militares, familiares e vizinhos

Seu Agostinho Gonçalves da Mota, 95 anos recém-completados: legado reconhecido - Divulgação/CMO

Em tempos de pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o CMO (Comando Militar do Oeste) preparou uma homenagem especial para o veterano pracinha Agostinho Gonçalves da Mota, 95 anos recém-completados, em comemoração pelo Dia da Vitória.

De máscara e cumprindo o isolamento, o herói da FEB (Força Expedicionária Brasileira) foi surpreendido com a presença dos militares na frente de sua casa, em Campo Grande, na tarde desta sexta-feira (08).

Ao som da Canção do Expedicionário, executada pela banda do CMO, Seu Agostinho não segurou a emoção ao ser aplaudido por militares, familiares e vizinhos.

“Mesmo diante das atuais restrições, o Comando Militar do Oeste não poderia deixar de homenagear aqueles que, com bravura e destemor, embarcaram para a Segunda Guerra Mundial e colaboraram com a campanha da Força Expedicionária Brasileira. Desta forma, mantém vivo o legado deixado pelos heróis da FEB”, destaca o CMO, em nota.

Presidente da Associação Nacional dos Veteranos da FEB-MS, Seu Agostinho é presença constante nos eventos realizados no Estado e costuma brincar que a Segunda Guerra Mundial terminou em homenagem ao seu aniversário, comemorado em 07 de maio.

O Dia da Vitória foi em 08 de maio de 1945, há 75 anos, quando as Forças Aliadas triunfavam sobre o Eixo, após um combate que se estendeu de 1939 a 1945, envolvendo a maioria das nações do mundo — incluindo todas as grandes potências.