Com leucemia, servidor público apaixonado pelo Aquidauanense precisa de doação de sangue

Claudilei Castilho Sanches integra a comissão técnica do Azulão da Princesa e foi homenageado antes do jogo contra o União/ABC; saiba como ajudar

Após receber diagnóstico de uma doença conhecida como leucemia, o servidor público da Prefeitura de Aquidauana, Claudilei Castilho Sanches, 39 anos, está internado na Santa Casa de Campo Grande e precisa de doação de sangue tipo O+ (O Positivo).

Além do trabalho como servidor, Claudilei tem uma ligação forte com o Aquidauanense Futebol Clube, desde a base até o time profissional. Apaixonado pelo Azulão, ele ajuda nas partes técnica, física e nos cuidados com o estádio, tendo sido homenageado antes da vitória por 2 a 0 sobre o União/ABC, no último fim de semana.

Segundo Claudilei, a doença foi descoberta após a pré-reinauguração do ginásio poliesportivo de Aquidauana, onde jogava uma partida de futsal. Ele se sentiu mal, veio a desmaiar e sofreu um forte impacto com a queda no chão. O servidor teve diagnosticado um cavernoma e foi encaminhado para a Santa Casa da Capital.

Como ele estava muito pálido, foi submetido a um exame de sangue, no qual o nível das plaquetas apontava 9 mil, quando o normal para uma pessoa adulta é, em média, 150 mil. A realização do exame de mielograma confirmou que se trata de leucemia.

Claudilei já está começando o quarto dia de quimioterapia, mas ainda precisa das doações. Os interessados em doar sangue devem comparecer ao Hemosul de Campo Grande e levar um documento oficial com foto, como carteira de identidade e de motorista. Adolescentes de 16 e 17 anos podem fazer sua doação acompanhados pelos pais ou responsável legal.

*Com informações de Ikaro Souza e foto de Vinicius Eduardo/Assessoria de Imprensa do Aquidauanense F.C