Boletim aponta Aquidauana com dois casos suspeitos do novo coronavírus

Nas últimas 24 horas, não houve alteração no número de casos confirmados em Mato Grosso do Sul

Vista aérea de Aquidauana - Google

Aumentou de um para dois o número de casos suspeitos do novo coronavírus em Aquidauana, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado na tarde desta quarta-feira (25), em coletiva de imprensa online com autoridades do Governo de Mato Grosso do Sul.

O primeiro caso suspeito em Aquidauana foi notificado na segunda-feira (23), um homem, 30 anos, que estava trabalhando em Ponta Porã. No entanto, o exame dele já deu negativo para Covid-19.

No dia seguinte, terça-feira (24), surgiu um novo caso suspeito, um homem, 36 anos, profissional da rede de saúde do município. Ele esteve no Rio de Janeiro e, ao retornar para a Princesa do Sul, procurou atendimento após apresentar sinais e sintomas. O resultado do exame ainda não saiu. Enquanto aguarda, o homem continua sendo monitorado e em isolamento domiciliar.

Agora, no boletim desta quarta-feira, foi notificada a terceira suspeita de Covid-19 na cidade. O paciente é um idoso, 88 anos, portador de doenças crônicas. No dia 06 de março, ele esteve em Rondonópolis (MT), retornando para Aquidauana no dia 08. Na quinta-feira passada (19), o idoso apresentou sintomas e foi atendido pela equipe de saúde. Nesta terça-feira, o quadro do paciente se agravou e evoluiu para uma SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave). Ele se encontra em isolamento e internado na unidade hospitalar.

Portanto, Aquidauana tem um caso descartado e dois casos suspeitos em análise. Em Anastácio, das quatro notificações, todas deram negativo para o novo coronavírus.

Número mantido em MS

Entre terça e quarta-feira, Mato Grosso do Sul permaneceu com 24 confirmações de Covid-19, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

Campo Grande tem 22 casos de infectados, 12 homens e 10 mulheres, sendo dois que retornaram do exterior, Inglaterra e Espanha. Os demais foram contaminados a partir de pessoas já infectadas.

Já no interior do Estado, são duas confirmações do novo coronavírus, uma mulher de 42 anos, em Sidrolândia, e um homem de 27 anos, em Ponta Porã, ambos com histórico de viagem para a Europa. Mato Grosso do Sul segue com o cenário de nexo causal, ou seja, quando a origem é possível de ser identificada.

Com relação aos 34 casos suspeitos, são 15 em Campo Grande, dois em Aparecida do Taboado, Aquidauana, Nova Alvorada do Sul, Ponta Porã e Rio Brilhante, além de um em Amambai, Bela Vista, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Miranda, Porto Murtinho, Rio Verde de Mato Grosso e São Gabriel do Oeste.

Desde o dia 25 de janeiro, são 358 notificações em Mato Grosso do Sul, das quais 300 foram desconsideradas para o novo coronavírus. Destas, 11 acabaram excluídas por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde. Outras 289 notificações foram descartadas após os exames darem negativo para Covid-19, incluindo quatro em Anastácio e uma em Aquidauana.

Todos os casos suspeitos têm as amostras encaminhadas para o Lacen/MS (Laboratório Central), em Campo Grande, que, após receber kits do Ministério da Saúde, passou a realizar os exames para o novo coronavírus. Os resultados ficam prontos no período entre 24 e 72 horas. Também são feitos exames para outros oito tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza.

A Secretaria Estadual de Saúde publica o boletim epidemiológico referente às notificações de casos confirmados/suspeitos de Covid-19 diariamente. As informações divulgadas pela pasta representam os dados oficiais consolidados do Estado que são repassados ao Ministério da Saúde. Para conferir o boletim desta quarta-feira, clique aqui.