PMA autua comerciante que mantinha 160 canários em pequenas gaiolas

Mulher disse que receberia dinheiro por manter as aves escondidas na casa dela

Canários não são da fauna brasileira - Divulgação/PMA

Uma comerciante de 33 anos foi autuada após a equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Corumbá, município distante 294 quilômetros de Aquidauana, confirmar denúncia de que ela mantinha aves ilegalmente em sua residência.

De acordo com a PMA, o flagrante aconteceu na manhã desta terça-feira (14), no Bairro Dom Bosco. Na residência da mulher, os policiais encontraram 160 canários-peruanos em pequenas gaiolas revestidas por bolsas plásticas, advindos da Bolívia.

A infratora disse que as aves tinham sido deixadas por um boliviano e que ela receberia R$ 50,00 por cada uma que mantivesse escondida. Os animais e as gaiolas foram apreendidos.

A equipe da PMA apresentou a mulher na Delegacia de Polícia Civil de Corumbá. Ela responderá por crime ambiental,e, caso seja condenada, poderá pegar pena de três meses a um ano de detenção. Também foi autuada administrativamente e recebeu multa no valor de R$ 34 mil.

Os animais estão no quartel da PMA em Corumbá, aguardando decisão dos órgãos de vigilância e sanidade animal e do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).