Criança de 09 anos ouve barulho de briga e encontra pais mortos

Casal foi brutalmente atacado com pauladas e facadas. Menino está em estado de choque e recebe acompanhamento psicológico.

Crime ocorreu em uma aldeia de Dourados - Adilson Domingos

Um casal foi morto a facadas e pauladas na aldeia Bororó, em Dourados, município distante 285 quilômetros de Aquidauana. As vítimas, identificadas como Rosilene Rosa Pedro, 34 anos, e Osvaldo Ferreira, 38 anos, foram encontradas pelo filho, um menino de 09 anos. As informações são do Campo Grande News.

Segundo o portal, a criança não estava na residência, mas ouviu barulho de briga e foi verificar o que era, momento em que encontrou os pais mortos. O delegado Rodolfo Daltro, que está à frente das investigações, disse que o menino estava muito confuso e não seria ouvido de imediato, com o intuito de preservá-lo. Ele vem recebendo acompanhamento psicológico.

Depois de encontrar os pais sem vida, o menino foi pedir ajuda na Escola Municipal Indígena Agustinho. No local, onde o clima é de consternação com o crime, os relatos apontam que que ele chegou em estado de choque.

“A gente está tão assustado quanto ele”, disse uma mulher ao Campo Grande News, na manhã desta sexta-feira (07). A instituição de ensino conta com 656 alunos.

Crime bárbaro

A cena do crime, de acordo com a perícia da Polícia Civil, revelava um cenário de crueldade. No quarto, a mulher foi encontrada com marcas de quatro facadas e amarrada. Ainda há a suspeita de que ela tenha sido vítima de abuso sexual. Já o marido levou ao menos oito golpes.

Pelo fato de que a mulher tinha o rosto desfigurado, a equipe trabalha com a possibilidade do cachorro da família ter entrado no local e devorado a sua face após o crime.

Segue o trabalho das autoridades policiais para tentar descobrir a autoria dos assassinatos.