Professora repreende aluno por usar celular e é agredida com chute e tapa em Anastácio

Polícia Militar foi acionada e encaminhou o estudante para a delegacia

Além de ter autoridade desrespeitada, professora ainda foi agredida em Anastácio - Ilustrativa

Uma professora de Anastácio foi agredida pelo estudante Cristiano de Arruda Costa Calderoni da Silva, 18 anos, na manhã desta sexta-feira (29), na Escola Estadual Maria Corrêa Dias. As informações são do JNE (Jornal Notícias do Estado).

Segundo o portal, a professora chamou a atenção do aluno por usar celular dentro da sala de aula, mas ele não acatou a ordem. Diante da situação, a docente levou Cristiano para a sala da coordenação e explicou a situação.

Mesmo na presença da coordenadora, no entanto, o estudante não se intimidou. Primeiro, mandou a professora “calar a boca”. Na sequência, avançou contra ela e a agrediu com um chute no joelho e um tapa forte no rosto, que ficou com uma marca vermelha.

A coordenadora da escola tentou acalmar Cristiano, mas ele continuou demonstrando bastante agressividade. Ela, então, acionou a PM (Polícia Militar), que prendeu o aluno e o apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Anastácio, no Centro, para as providências cabíveis.