Após quase cinco meses, pai que sequestrou bebê em Rondônia é encontrado com ela em Corumbá

Homem não aceitava a separação e, para se vingar da ex-esposa, fugiu com a filha de apenas 08 meses. A menina, agora já com 01 ano, teve reencontro emocionante com a mãe nesta sexta-feira.

Willians Venâncio Dolens, 38 anos, foi preso sem oferecer resistência - Mídia Max

Quase cinco meses após fugir de Rondônia com a filha que sequer havia completado 01 ano, Willians Venâncio Dolens, 38 anos, foi encontrado morando com a bebê no Bairro Maria Leite, em Corumbá, município distante 294 quilômetros de Aquidauana, nesta quinta-feira (12). As informações são do Mídia Max.

Segundo o portal, a pequena Mariah Maitê foi sequestrada pelo pai no município de Espigão D’Oeste (RO), quando tinha apenas 08 meses. Em abril deste ano, após a Páscoa, a mãe da criança, Elza Carolyne Albuquerque, pediu a separação de Willians, que, para se vingar, decidiu fugir com a filha.

“Ele disse: se você não viver comigo, com minha filha você não vai viver”, relatou Elza, durante entrevistas a emissoras de TV. Atualmente morando em Presidente Venceslau (SP), ela ainda acrescentou que vivia em um relacionamento abusivo e chegou a ser agredida pelo ex-companheiro. A Justiça deferiu a guarda para a mãe, o pedido de medida protetiva e expediu mandado de prisão contra o pai.

A ação que resultou na localização de Willians mobilizou equipes dos serviços de inteligência da Polícia Civil de São Paulo e Mato Grosso do Sul, com apoio da Força Tática da PM (Polícia Militar). O homem foi encontrado morando com a menina e também com a mãe dele.

“O serviço de inteligência passou as informações e, após levantamento dos locais possíveis que ele poderia estar, as equipes fizeram várias buscas, quando localizamos ele em uma casa que alugava no Bairro Maria Leite”, contou o sargento Wagner Braga.

Sem oferecer resistência à prisão, o pai da menina foi apresentado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá.

Reencontro

Após ver a filha pela última vez com oito meses, a mãe teve, nesta sexta-feira (13), um dia que será lembrado para sempre como de muita alegria e sorte, reencontrando a pequena Mariah Maitê, agora já com 01 ano. O momento foi definido como emocionante, de acordo com o Diário Corumbaense, que acompanhou o desfecho feliz do caso.

“Estou muito feliz, sem palavras para descrever esse momento maravilhoso. É uma bênção poder ter a minha filha nos braços. Meu medo era que ela me rejeitasse, pois foi tirada de mim ainda com 08 meses, mas ela me reconheceu, preferiu vir para o meu colo. Quero, aqui, agradecer a Deus, aos policiais que se empenharam e agora vou viver em paz com a minha filha. Acabou o pesadelo, agora é vida que segue e é ser feliz”.

Reencontro emocionante entre mãe e filha – Diário Corumbaense