Após atear fogo na esposa enquanto ela amamentava a filha de um ano do casal, um homem foi preso durante a noite desta quarta-feira (12), por volta das 18h, no Bairro São Conrado, em Campo Grande, distante 138 quilômetros de Aquidauana. A mulher e a filha sofreram queimaduras graves. As informações são do Correio do Estado.

De acordo com o portal, Maggayver Corrêa Gonçalves, 32 anos, estava com uma garrafa de tíner e um isqueiro na mão, na residência do casal, preparando-se para fazer um bife, quando teve uma discussão com a companheira, Elaine Teixeira Gamarra, 28 anos, que amamentava a criança.

“Ele estava com o tíner e o isqueiro para acender uma chapa, que disse que iria fazer um bife. Nesse momento, discutiram e ele jogou nela. Ele alega, também, que a criança estava ao lado da esposa e as chamas a atingiram acidentalmente, mas aos bombeiros, durante o primeiro atendimento, ela disse que estava amamentando”, explicou a delegada Jennifer Estevam de Araújo, da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Ainda segundo a delegada, Maggayver foi preso em flagrante por tentativa de feminicídio e incêndio.

“Ele foi preso no local. Não fugiu. Disse em depoimento que logo após jogar o tíner e atear fogo, se arrependeu. Tirou os dois das chamas e tentou ajudar a controlar o fogo. O Corpo de Bombeiros foi acionado por vizinhos”.

Jennifer contou que o casal está junto há seis anos e não havia nenhum registro policial de outras agressões contra Elaine.

“Eles têm dois filhos juntos. Agora ele aguarda audiência de custódia no Fórum”.

Elaine teve 40% do corpo queimado e foi encaminhada para a Santa Casa de Campo Grande, assim como a filha.

“Segundo informou o hospital, eles já saíram da área de risco e foram para a enfermaria. Caso ela tenha alta logo, virá aqui prestar depoimento. Se for demorar, vamos até lá”, concluiu a delegada. (*Foto: delegada Jennifer é responsável pelo caso – Bruno Henrique/Correio do Estado)

COMPARTILHE:

Comentarios

opinaram