Corregedor nacional do Ministério Público se reúne com Azambuja

Durante a reunião, Reinaldo Azambuja falou sobre as medidas tomadas pelo Governo de Mato Grosso do Sul para enfrentar a maior crise financeira da história brasileira

O corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel Moreira, participou de reunião no gabinete do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), nesta terça-feira (05). Orlando coordena a correição geral que está sendo realizada nesta semana com o objetivo de verificar a efetividade da atuação das entidades ligadas ao Ministério Público no Estado.

Na oportunidade, o governador comentou sobre medidas adotadas pelo Governo de Mato Grosso do Sul para enfrentar a maior crise financeira da história brasileira, como a redução do tamanho da máquina para a menor estrutura administrativa do País.

“Tínhamos 15 secretarias, hoje temos nove. Estamos elaborando também um Programa de Demissão Voluntária. São medidas para gastar menos com o governo e investir mais nas pessoas”, explicou Azambuja.

São verificados na correição geral, que é realizada até sexta-feira (08), o funcionamento e a regularidade dos serviços prestados em Mato Grosso do Sul pelo Ministério Público da União (Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho e Ministério Público Militar) e Ministério Público Estadual.

As instituições são visitadas por uma equipe composta por membros e servidores do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), os quais verificam a efetividade da atuação funcional dos órgãos. Após a conclusão da correição, será elaborado um relatório com determinações e recomendações, que deverão ser cumpridas pelas unidades, para a melhoria da instituição.

Também estiveram no gabinete do governador, na reunião desta terça-feira, o procurador-geral de Justiça do Ministério Público Estadual, Paulo Cezar dos Passos, o procurador-geral adjunto de Justiça, Humberto de Matos Brittes, o promotor de Justiça e chefe de gabinete da Procuradoria Geral de Justiça, Alexandre Magno Benites Lacerda, o presidente eleito da Associação Sul-mato-grossense dos Membros do Ministério Público, promotor Romão Ávila Milhan Junior, e o chefe de gabinete da Corregedoria Nacional do Ministério Público, Rinaldo Reis Lima. O secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, também participou do encontro.

(*Fotos: encontro aconteceu nesta terça-feira – Chico Ribeiro)