Matérias voltadas à saúde dos sul-mato-grossenses seguem para sanção do Executivo

Propostas foram aprovadas na sessão desta quarta-feira, em segunda discussão

Seis projetos foram aprovados na Ordem do Dia desta quarta-feira - Luciana Nassar/ALMS

Entre as seis matérias apreciadas e aprovadas pela ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) na Ordem do Dia desta quarta-feira (28) – todas em segunda discussão -, três são voltadas à saúde dos sul-mato-grossenses e seguem para sanção do Poder Executivo.

De autoria do deputado estadual Professor Rinaldo (PSDB), o PL (Projeto de Lei) 108/2019 trata sobre a divulgação da Lei do Minuto Seguinte na rede de saúde pública.

Já o PL 140/2019, apresentado pelo deputado Marçal Filho (PSDB), institui a “Campanha Permanente de Informação, Prevenção e Combate à Depressão” em Mato Grosso do Sul.

Segundo o PL 148/2019, do deputado Capitão Contar (PSL), fica instituída, no Estado, a Semana de Combate à Violência Obstétrica.

Dezembro Verde

Outra proposta aprovada na sessão desta quarta-feira é o PL 143/2019, de autoria do deputado Lucas de Lima (Solidariedade), que institui a criação da campanha “Dezembro Verde – Não ao Abandono de Animais no Estado de Mato Grosso do Sul” e também segue à sanção do Governo do Estado.

Redação final

Duas propostas analisadas pelos parlamentares voltarão ao Plenário. Seguem para votação e discussão, em redação final, o PL 42/2019, de autoria do deputado Neno Razuk (PTB), que dispõe sobre a criação da Farmácia Veterinária Popular no Estado, e o PL 55/2019, de autoria do deputado Renato Câmara (MDB), que institui a Semana Estadual de Doação de Sangue.