Vítima de dois disparos em fazenda, ex-prefeito de Amambai morre em hospital

Crime ocorreu na manhã desta segunda-feira

Dirceu Lanzarini morreu no Hospital do Coração, em Dourados, depois de ser baleado - Reprodução/Facebook

Dirceu Lanzarini, 62 anos, ex-prefeito de Amambai e atual secretário especial da Casa Civil do Governo do Estado, morreu nesta segunda-feira (24), no Hospital do Coração, em Dourados, depois de ser atingido com dois tiros.

O crime aconteceu mais cedo, no período da manhã, na fazenda de Dirceu, em Amambai, município distante 423 quilômetros de Aquidauana. O principal suspeito é um funcionário da propriedade, que está foragido. Os disparos teriam ocorrido após uma discussão entre eles.

Em estado gravíssimo, o ex-prefeito foi encaminhado ao Hospital do Coração, em Dourados, onde teve uma parada cardiorrespiratória. Uma aeronave do Corpo de Bombeiros aguardava a estabilização para uma possível transferência para Campo Grande, mas a vítima não resistiu.

Natural de São Paulo, Dirceu era casado e também deixou duas filhas. Já foi prefeito de Amambai por três mandatos e presidente da Assomasul (Associação dos Município de Mato Grosso do Sul), entidade na qual sucedeu o atual governador, Reinaldo Azambuja (PSDB). Atualmente, como secretário especial da Casa Civil, ele era coordenador regional da gestão estadual.