Anastácio: PM detém menor suspeito de ameaçar vizinha de morte e atear fogo no carro dela

Irmã do menor, que está presa, já tinha feito ameaça de morte contra a mesma vítima

Menor apreendido pela Força Tática da PM - Reprodução/JNE

A equipe de Força Tática do 7º BPM (Batalhão de Polícia Militar) apreendeu um adolescente, 14 anos, suspeito de ter ameaçado a vizinha de morte e de atear fogo no carro dela, nesta terça-feira (10), no Conjunto Residencial Cristo Rei, em Anastácio.

De acordo com o JNE (Jornal Notícias do Estado), a vítima relatou que o menor cologou fogo no carro dela durante a madrugada de terça-feira. Ela, inclusive, registrou boletim de ocorrência sobre o caso. Posteriormente, não satisfeito, o adolescente ainda retornou para a casa da mulher e passou a ameaçá-la de morte.

Ela acionou a PM, que mobilizou uma equipe de Força Tática e encontrou o suspeito ingerindo bebidas alcoólica, acompanhado de outros dois menores e de um jovem, 18 anos. Todos os integrantes do grupo estavam visivelmente embriagados.

O adolescente de 14 anos negou as acusações feitas pela vizinha, mas foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Anastácio, no Centro, juntamente com os parceiros de “bebedeira”. Ele é irmão de uma jovem, Valéria Dias Gamarra, 18 anos, que, na semana passada, fez ameaças e tentou esfaquear a mesma vítima.

Valéria tinha passado alguns dias presa por suspeita de tráfico de drogas, mas foi colocada em liberdade após audiência de custódia. Ela foi até a casa da vizinha e passou a xingá-la, sob a alegação de que a moradora havia “gostado da prisão dela”. Posteriormente, retornou ao local e, armada com uma faca, tentou golpear a vítima, que precisou fugir de moto. A jovem acabou sendo presa pela Polícia Civil.

Na última segunda-feira (09), em nova audiência de custódia, segundo o JNE, o juiz Giuliano Maximo Martins decretou a prisão preventiva de Valéria, já que, ao ser colocada em liberdade da outra vez, ela descumpriu todas as medidas cautelares impostas pelo Judiciário.