Dono de rancho é autuado em R$ 5 mil por desmatar área protegida de reserva para abrir estrada

PMA paralisou as atividades do local

Local fica a cerca de 50 quilômetros da região urbana de Três Lagoas - Divulgação/PMA

O proprietário de um rancho foi autuado por crime ambiental de desmatamento e derrubada de árvores de grande porte em área protegida de reserva legal, em ação policial realizada nesta segunda-feira (20), na zona rural de Três Lagoas, município distante 466 quilômetros de Aquidauana.

Segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental), o flagrante ocorreu quando a equipe de Três Lagoas realizava fiscalização em um loteamento rural de ranchos no município, cerca de 50 quilômetros distante da região urbana.

Com o intuito de abrir uma estrada, o dono do rancho realizou o desmatamento de 0,2 hectares na área protegida de reserva, sem autorização do órgão ambiental. A madeira proveniente da vegetação desmatada não se encontrava mais na área. As atividades foram paralisadas no local.

Morador de Três Lagoas, o infrator – um homem de 53 anos que não teve o nome divulgado – vai responder por crime ambiental, com pena prevista de três a seis meses de detenção. Ele também foi multado administrativamente em R$ 5 mil, além de ser notificado a apresentar um Prada (Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada).